Notícias

Madeira recuperada, materiais de segunda mão e criatividade, assim foi feito o Noorderparkbar. Um espaço de encontro e café eco-friendly, para os moradores do norte de Amsterdam, na Holanda. Localizado em um parque verde, o bar foi projetado por duas empresas de designers que adquiriu os produtos de construção em fábricas falidas e hospitais temporários.

A estrutura dispõe de portas de madeira e uma fachada com tábuas também de madeira colocadas em ângulos aleatórios, o que proporciona ao bar um toque “urbano chique”, que é intensificado pela superfície queimada, na qual foi utilizada uma técnica japonesa chamada de “shou sugi ban”. No interior, as paredes pintadas de branco contrastam com a superfície da madeira queimada o que cria um visual arrojado e ao mesmo tempo acolhedor e refrescante, segundo os criadores. Os banheiros, por sua vez, possuem azulejos coloridos nas paredes, com destaque na cor verde que combina com a área natural ao redor.

À noite, as luzes do telhado da habitação brilham por meio de feixes devido ao posicionamento angular das tábuas de madeira. Os criadores não divulgaram o valor total gasto no projeto, mas considerando a utilização de materiais de segunda mão, as duas empresas conseguiram reduzir consideravelmente os custos. Segundo o portal DesignBoom, além dos materiais reutilizados foram também utilizados na construção 55 litros de tinta e cerâmicas.

Fonte: EcoDesenvolvimento

Instituto Ethos