Projetos

Som na Escola

A partir de canções inéditas que retratam os conteúdos trabalhados na Educação Infantil, O PROJETO SOM NA ESCOLA – EDUCAÇÃO INFANTIL oferece às crianças um livro com atividades e, aos professores, um caderno com sugestões, especialmente elaborado para o uso da música como ferramenta para o trabalho em sala. As canções compostas para o projeto, encartadas em CD, são apresentadas aos professores nas oficinas de capacitação. A iniciativa também contempla um espetáculo musical para todos os envolvidos e demais desdobramentos e informações nas redes sociais.

Os objetivos são incentivar os professores a utilizar a música como ferramenta para trabalhar os conteúdos da educação infantil, introduzir na sala de aula estilos e ritmos musicais variados, oferecer ao professor subsídios criativos para trabalhar temas relevantes ao universo infantil, oferecer às crianças informação musical e contribuir para a diversificação das atividades desenvolvidas na escola.

Para isso, será feita a distribuição de livros para as crianças, acompanhado do CD contendo 11 músicas, a distribuição de cartilha professor, realização de oficinas de capacitação para professores, distribuição de exemplares do livro em Braille e a realização espetáculos musicais.

Realizado pela empresa Signi e pelo Ministério da Cultura, por meio da Lei de Incentivo a Cultura, a concepção do projeto é do músico Flávio Adonis, a coordenação pedagógica de Giane Ramos, Patrícia dos Santos Moura e Sariane Pecoits e as ilustrações de Jorge Herrmann.

Por que com música?

A música é uma linguagem com a qual o sujeito é capaz de expressar e comunicar sensações, sentimentos e pensamentos. Ela atravessa as diferentes culturas e consiste numa importante forma de expressão humana, estando presente em nossas vidas diariamente e desde muito cedo. Ela integra aspectos sensíveis, afetivos, estéticos e cognitivos e, por isso, é fundamental considerar seu trabalho na Educação Infantil.

Atividades que envolvem música promovem a socialização bem como trocas de aprendizagem entre os sujeitos envolvidos. As crianças aprendem mais em relação à leitura quando interagem nas diferentes linguagens e com objetivos distintos. Nesse sentido, trabalhar a música como um gênero textual seria contemplar belos momentos de interação, alegria e aprendizado.

A prática pedagógica associada à linguagem musical e às diversas formas de exploração desse gênero pode atribuir maior significação à aprendizagem das crianças de maneira lúdica e atraente.

 

 

barra-patrocinadores-site-signi

https://www.facebook.com/somnaescola/

Mais Projetos Sociais

Instituto Ethos