Notícias

A 3ª edição da Oficina Lideranças terminou ontem (18/10) no Sesi São José dos Campos com a apresentação da palestra “Vai Lá e Faz”, do diretor da Escola de Criatividade Perestroika, Tiago Mattos.

Nos três dias de evento, 141 líderes comunitários, integrantes de entidades do Terceiro Setor, estudantes da área social, voluntários e interessados na temática passaram pelo Sesi.

Na atividade de ontem, Mattos envolveu a plateia em uma série de dinâmicas e testes, provocando todos a reavaliarem suas atitudes e buscarem maneiras para sair da zona de conforto.

“O mundo está dividido nas pessoas que fazem e nas que colocam desculpas e não fazem. Pensar é importante, mas não adianta só isso. É preciso fazer, com energia e vibração”, disse.

Tiago Mattos em sua palestra "Vai lá e faz".

Para o consultor, é preciso manter-se permanentemente aberto a novas experiências, apesar dos receios inerentes ao confronto com situações desconhecidas.

“Quando estamos na zona de conforto, não temos crescimento, e quando decidimos crescer, não temos conforto. A coragem de fazer não é deixar de ter medo, e sim conseguir realizar apesar do medo”, comentou.

Mattos ressaltou a importância dos líderes no processo de mudança de atitude de uma comunidade e a necessidade de união para atingir os objetivos comuns.

“Quem é líder e ‘fazedor’ tem que gostar de gente. Ninguém faz nada sozinho. O líder é aquele que vai lá e ajuda os outros, mesmo que ninguém tenha pedido”.

Veja o vídeo de uma das dinâmicas que Tiago realizou durante a palestra:

Imagem de Amostra do You Tube

 

Evento

A programação da 3ª edição da Oficina Lideranças começou na terça-feira (16/10), com a palestra “Redes Sociais e Desenvolvimento Local”, do consultor Augusto de Franco, e acompanhamento da Atrium Consultoria, que desenvolveu um trabalho de facilitação gráfica, utilizando sinais, símbolos e metáforas para transmitir as informações de forma lúdica.

Nesse dia, os participantes receberam a segunda edição do Guia da Cidadania – com informações sobre o Terceiro Setor, dicas para abrir, administrar e captar recursos para ONGs, e uma lista de entidades da cidade – e um kit de fichário com informações complementares sobre as atrações da oficina, uma camiseta e uma sacola reciclável.

Na quarta (17/10), a atração foi o documentário “Quem Se Importa”, seguido de debate com a diretora do filme, Mara Mourão, e o jornalista Carlos Abranches.

O documentário, que acompanha líderes sociais de todo o mundo que estão promovendo mudanças em suas comunidades e inspirando outras pessoas serviu de base para um bate-papo sobre a necessidade de envolvimento das pessoas para se tornarem agentes de transformação.

No site da Oficina Lideranças estão disponíveis vídeos gravados nos três dias da oficina, com trechos das atividades e depoimentos dos palestrantes e do público. Os participantes também poderão baixar as fotos captadas durante o evento.

O site e o blog do projeto continuarão sendo atualizados constantemente com conteúdo de temáticas como Terceiro Setor, empreendedorismo social, mobilização comunitária e cultura de paz, assim como a página da Oficina Lideranças no Facebook.

 

 

Instituto Ethos